Este gatinho é o Botinha. Um senhorzinho de cerca de 13 anos. Veio de sua tutora no Vera Cruz muito mal de lipidose, junto com seu irmão Juninho. Quase morreu, mas ambos conseguiram se recuperar e foram ficando conosco. Botinha chegou com 11 anos e Juninho com 9. Lindos e carinhosos, não eram filhotes e as pessoas sempre os deixavam de lado. Este ano conseguimos a adoção do Juninho que enfim ganhou uma família e uma irmã idosinha também. Agora para completar nossa felicidade e aquecer nossos corações em data tão próxima ao natal, Botinha ganhou uma tutora amorosa e uma casa cheia de atrativos. Para quem nunca experimentou tais requintes, uma felicidade. Olhem como ele está feliz. Isso nos deixa ainda mais felizes, na certeza do caminho certo. Que o sentimento de solidariedade e empatia pelos que sofrem e precisam de afeto, tome conta de muitos corações e outros bichinhos e humanos possam se beneficiar, assim como o Botinha. E o que desejamos nesse natal para todos. Vivaaaa!!!!

Final feliz de Gaston (ex Silas). Silas, sialatão, foi largado para trás quando sua dona se mudou, qual mercadoria sem valor. Desacostumado da vida na rua, a morte seria seu destino certo não fosse uma alma boa se condoer com a situação dele e a Bastadotar o acolher para castrar e testar. Gato super dócil, boa saúde, negativo para fiv e felv, só não se adaptava ao coletivo e passou a desenvolver problema de peladura por stress. Aí não começava outra luta para Silas, vencer o preconceito das pessoas que queriam um gato de pelo lindo nada falhado. Encontramos. A adotante Angela foi super compreensiva e não desistiu dele por estar todo cheio de buracos o pelo e todo espetando que nem porco espinho tamanho o estresse em que se encontrava. Hoje esse gatão maravilhoso. Nada como compreensão, paciência e afeto, muito afeto. Olhaí o resultado.